E-Session

Ensaio fotográfico dos noivos Andressa + Marcelo, realizado na cidade de Ribeirão Preto.

img_6023
img_6023

casamento aline+flavio

img_0996
img_0996

dia da noiva: Platino

make up: Edinho – Platino

hair: Ana – Platino

vestido da noiva: Pablo

sapato da noiva: Andare Calzature

buquet: Nativa Flores

traje do noivo: Irma Rodrigues

carro da noiva: Gabriel Franco

cerimonial: Closer

decoração: Nativa

mobiliário: Buffet Alphaville

flores: Buffet Alphaville

dj: Marquinhos

banda: Cíntia Moraes

doces: Desejo e Sabor

bolo: Buffet Alphaville

topo de bolo: Doce Festa Ribeirão

religioso: Stigmatinos Capela

recepção: Buffet Alphaville

Batizado

Batizado Cauã, conhecidentemente meu primo mais novo e agora afilhado.

Fotos: Lucas Paez – David Rodrigues Estúdio Fotográfico

_mg_1280
_mg_1280

Macrofotografia

A macrofotografia é um ramo da fotografia voltada aos pequenos objetos, mostrando aos nossos olhos detalhes muita vezes invisíveis a olho nu, sendo provavelmente este um dos motivos do seu encanto.

Ao iniciar esta breve discussão sobre macrofotografia torna-se necessário salientar alguns termos técnicos utilizados neste ramo da fotografia. Diferente do que costuma ser dito, apenas se aproximar e fotografar um objeto de perto não é macrofotografia. Vamos começar explicando o que é ampliação, um termo muito utilizado.

A ampliação é uma relação numérica entre o tamanho original do assunto a ser fotografado, seja ele um inseto, um selo, uma folha etc. e o tamanho que o mesmo aparecerá no filme, e não no papel.

Imagine que você irá fotografar um objeto que tenha apenas 5 cm, como um grande grilo. Imagine agora que você fez um enquadramento bem fechado nele, o colocando por inteiro dentro do fotograma, ou seja, o seu grilo terá uma medida de 3,6 cm no filme, a medida de cada fotograma nas câmeras 35 mm. Para calcular a ampliação é só dividir o tamanho do assunto no filme pelo tamanho original do assunto, ou seja: 3,6/5,0 ~ 0,7. Pode-se falar então que a ampliação foi 1:0,7 (1 para 0,7).

Pense agora em uma aproximação maior, colocando apenas parte do grilo na foto, enquadrando 3,6 cm do inseto. No filme ele terá esse mesmo tamanho, ou seja, 3,6 cm. Calculando a ampliação chegamos a 1:1 (um para um), que também é chamado de life size, ou tamanho real, já que o assunto aparecerá no filme do mesmo tamanho que ele realmente é.

Você pode ainda querer uma ampliação maior ainda, pegando apenas 1,8 cm do inseto, fazendo com que este espaço ocupe todo o fotograma. A ampliação será 2:1, ou seja, o objeto terá o dobro do tamanho original quando olhado no filme.

Pensando nos termos relacionados a essa ampliação, começando de uma menor para uma maior ampliação nós temos a fotografia close-up, responsável pelas ampliações entre 1:10 e 1:1. Aumentando a ampliação chegamos a verdadeira macrofotografia, que começa no life size 1:1 e vai até 10:1. Maiores ampliações, ou seja, 10:1 ou maiores já caem no ramo da microfotografia, sendo normalmente utilizado uma câmera fotográfica acoplada a um microscópio.

maiores informações acessem:
www.macrofotografia.com.br