Fotografia Revista

Segue abaixo as duas capas das edições das Revistas Polo e Polo Infantil que fui convidado para fotografar.

 capa-polo
capa-polo

Aeroporto Leite Lopes

Fotografia no momento do embarque feita do IPhone4 usei a técnica de HDR.

img_0190
img_0190

HDR significa High Dynamic Range. Isso também não diz nada né? Pois bem, vou tentar explicar de uma forma não tão chata:

As fotos “comuns” que tiramos em JPEG são tiradas com profundidade de cor de 8-bit por canal. Isso quer dizer que são processadas cores de 0 a 255, do preto ao branco, em cada canal (normalmente os canais RGB, ou Adobe RGB ou sRGB, ou seja, normalmente são três canais). Arquivos com profundidade de cor de 16-bit possuem mais fidelidade de cores (inclusive do preto e do branco) pois contém mais informações de cor em cada canal. O “intervalo” entre as imagens de 8-bit e 16-bit é chamado de Dynamic Range – muitos mais detalhes e fidelidade de cores são encontrados nas imagens de 16-bit, simplesmente porque existe mais informações sobre a luminosidade de cada pixel quando temos um intervalo maior de valores de luminosidade em cada canal.

(parte do texto extraido do site www.dicasdefotografia.com.br)

quer saber mais acesse o link abaixo:

http://www.dicasdefotografia.com.br/o-que-e-hdr-por-que-usar-essa-tecnica

Trash The Dress ou Street Wedding ou The Day After

Trash The Dress ou Street Wedding ou The Day After
Trash The Dress ou Street Wedding ou The Day After

Pela tradução literal, “Trash the Dress”, de origem norte-americana, seria “jogar o vestido no lixo”, porém a versão da proposta adotada no Brasil não costuma ser radical ao ponto de não sobrar nada do modelito. “Somos mais flexíveis; a noiva não destrói o vestido, apenas não tem medo de sujar e molhar”, explica o fotógrafo Jared Windmüller, um dos primeiros a trabalhar com a tendência no Brasil. “Quer sujeira pior do que aquela da barra do vestido depois de arrastá-lo pelo salão?

O “Trash the Dress” exige uma certa ousadia tanto da noiva quanto do noivo, que também participa das fotos com a roupa usada no casamento, por isso quem topa fazer o ensaio precisa estar disposto a se soltar. “O resultado depende muito do casal, da empolgação”, explica Jared Windmüller. “O fotógrafo tem que interagir com o casal desde o começo, deixá-lo bem à vontade”, complementa.

Quem prefere um ensaio mais delicado ou não quer molhar o vestido pode aderir a uma versão “mais light”: o “The Day After”. Segundo o fotógrafo El Grego, que mora há cinco anos no Brasil, esse estilo é muito comum na Europa. “No ‘Trash the Dress’ americano, a noiva destrói o vestido, mas com glamour, num ambiente dramático e com água. Já no ‘The Day After’, o casal é fotografado depois do casamento num local que combine com seu estilo”, diz o profissional.

O resultado final do “Trash the Dress” e do “The Day After” costuma ser apresentado num álbum de fotos separado, complementar ao álbum de casamento, em formato de fotolivro. Quem já casou mas ainda guarda o vestido de noiva também pode aderir à ideia.

Parte da matéria extraida do site de noticias bol. http://noticias.bol.uol.com.br


Para ver a matéria completa:http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2009/11/23/conheca-o-trash-the-dress-nova-tendencia-em-fotos-de-casamento.jhtm

novidades

pessoal andei meio ausente do blog estes 2 meses, mas logo logo postarei os novos eventos fotografados, ensaios fotográficos, books e tudo mais que fizemos este mês que passou

FELIZ NATAL

A cerimonial Ana Maria Boz conseguiu reunir mais de 140 profissionais no dia 9 de dezembro em seu terceiro encontro de profissionais, onde teve a presença marcante de vários profissionais da área de eventos, fotógrafos, Djs, Videomakers, cerimoniais, cabelereiros, estilistas, decoradores, fotógrafos, estilistas e outros profissionais da área.
Quem compareceu foi presenteadocom um lindo mimo para ser colocado na árvore de natal.

Eu aproveitei para fazer uma foto para o nosso cartão de natal desse ano.

feliz natal
feliz natal

editorial de moda

sexta feira corrida, logo cedinho editorial de moda com a criançada para o TCC da Julia Palamin aluna do curso de Moda da faculdade Moura Lacerda.

editorial moda
editorial moda